GESTÃO SOCIOAMBIENTAL
DE FORNECEDORES

A International Paper tem como prática incluir cláusulas preventivas de responsabilidade socioambiental; além disso, a companhia se reserva o direito de vistoriar e acompanhar a execução dos serviços de alguns fornecedores, inclusive para fins de auditoria. Os principais pontos previstos e vistoriados pela IP são:

• Cumprimento de toda a legislação ambiental;
• Manutenção de licenças, autorizações e alvarás expedidos pelos órgãos ambientais;
• Combate à corrupção;
• Ausência de trabalho ilegal e/ou análogo ao escravo;
• Compromisso com a não discriminação;
• Ausência de condições insalubres de trabalho aos contratados.

CLIENTES

O relacionamento da International Paper com seus clientes é permeado pelos princípios da transparência, da excelência operacional e da qualidade dos produtos e serviços oferecidos. Para se manter relevante perante esse público, a IP busca acompanhar o negócio de cada cliente para oferecer o melhor atendimento, o melhor produto e a melhor rentabilidade.

HOMOLOGAÇÃO DE FORNECEDORES

Nos últimos anos, a International Paper vem aprimorando seu processo de homologação de fornecedores. De acordo com seu processo estratégico de compras, amplamente utilizado e validado globalmente, tanto os fornecedores atuais quanto os novos passam, regularmente, por uma análise detalhada dos pontos mais relevantes para garantir que trabalhem de acordo com nossas diretrizes, regras, políticas e processos.

Dentre os fatores analisados estão aspectos financeiros, cumprimento de obrigações trabalhistas e tributárias, responsabilidade socioambiental.

Aplicamos o código de conduta e, em 2015, iniciamos o processo de avaliação de riscos associados a toda cadeia de fornecimento.

Foram inseridas novas etapas na metodologia de compras utilizada pela IP com o objetivo de integrar informações de aspectos dos fornecedores que interessam às diferentes áreas, como Jurídica, Financeira, Recursos Humanos, Sustentabilidade, Saúde, Segurança do Trabalho e Meio Ambiente e Suprimentos.

Este modelo padrão é chave para garantir sustentabilidade dos acordos fechados com os fornecedores.